Blog do Gilson Vieira -

WELLINGTON GOUVEIA RECEBE HOMENAGEM POR SUA HISTÓRIA NO MOVIMENTO ESTUDANTIL

Wellington Gouveia

Ontem em Sessão Solene, o ex-líder estudantil, hoje reconhecido em São Luís como um talentoso professor e líder político, Wellington Gouveia foi homenageado pelo deputado Roberto Costa, em reconhecimento aos relevantes serviços que prestou ao Movimento Estudantil e pela sua constante luta em defesa dos direitos dos jovens maranhenses.

Ao blog Gouveia destacou que essa homenagem ocorreu devido a sua extraordinária atuação a frente do movimento estudantil que teve início aos 16 anos como presidente do Grêmio Estudantil do Nerval Lebre Santiago e Joana Batista, ambos em São Luís.

Em seguida, foi eleito presidente da UMES da capital, instituição a qual foi dirigente por dois mandatos.

Wellington Gouveia hoje é professor especialista, mestrando em Ciência da Educação, militante do MDB; presidente da Fundação Ulysses Guimarães no Maranhão e assessor parlamentar.

PROGRAMA TOP TV BAND MARANHÃO, DESTE DOMINGO (10) ESTÁ IMPERDÍVEL

Neste domingo dia, (10), O Programa Top apresentado por William Santos está imperdível que traz o quadro Papo Top com o empresário e Coach Fernandes Júnior que fala um pouco da sua carreira como Coach. O Programa Top vai ao ar ás 10h na TV BAND MARANHÃO canal 17.1 em São Luís e no canal 27.1 em outras cidades!

O Programa Top apresentado por William Santos está imperdível que traz o quadro Evento Top com a cobertura do Novo Show Room dos Dia dos Namorados da Loja de Calçados Zaffe. Na foto o apresentador aparece com a empresária Aline Oliveira. O Programa Top vai ao ar neste domingo dia, (10) ás 10h na TV BAND MARANHÃO canal 17.1 em São Luís e no canal 27.1 em outras cidades!

O Programa Top apresentado por William Santos esteve na 12º Edição do Troféu Inside by Fofa que aconteceu no Espaço Gaia. Na foto o apresentador aparece com a anfitriã Ilze Rangel conhecida carinhosamente como FofaO Programa Top vai ao ar neste domingo dia, (10) ás 10h na TV BAND MARANHÃO canal 17.1 em São Luís e no canal 27.1 em outras cidades!

MARA PAVANELLY FAZ SHOW NA ILHA DO AMOR

Dia 9 de junho, sábado, tem mais um mega show na Allure. Vem aí Arraiá da Allure com Diva Mara Pavanelly e a festa não para por aí, Luckas Seabra e Dj Rogério Mix vão agitam com tudo na mais nova casa de show de São Luís, ALLURE. Localizada em um local privilegiado (Rua dos Maçaricos, Nº 215 – Lagoa da Jansen, próximo antigo Salomé Bar). O empreendimento dos sócios Júnior Sales e Leandro Costa.

Allure é uma casa de show diferenciada, com capacidade para 1.000 pessoas, toda climatizada. A casa possui sistema acústico, excelente estrutura de palco, som, iluminação, equipe treinada para melhor atender ao público exclusivo da Ilha, proposta de inovação, requinte, elegância e sofisticação reunidos em um só lugar. Allure, um novo conceito de casa de show Vip chega na Ilha do amor e você escolhe o melhor local onde se divertir: Pista, camarote e lounge.

Mara Pavanelly

Mara Pavanelly começou a carreira artística aos três anos de idade, cantando em shows de calouros em sua cidade natal, Mirandiba (PE), onde sempre tirava os primeiros lugares, pois apesar de pouca idade, seu talento era inigualável. Estava sempre participando de festejos que tinham na cidade e sempre pedia para fazer participação no show das bandas de Forró que se apresentavam por lá, às vezes recebia “sim”, como também não deixou de receber vários “nãos”. Certo dia a deixaram cantar com uma banda que se apresentou em um desses festejos, a banda CACAU COM MEL. Cantou uma sequência inteira, agradou bastante o público, e logo foi convidada para integrar à banda. Começava assim, sua carreira profissional. Passou três anos cantando nessa banda, época que considera maravilhosa. Já aos quatorze anos, recebeu o convite para integrar a banda FORROZÃO TROPIKÁLIA, onde desfrutou de grandes momentos de sua vida. Foi lá, onde emplacou vários sucessos em sua voz. Quatro anos se passaram, e recebeu o convite de WESLEY SAFADÃO, onde cantou por dois anos juntamente com o mesmo, emplacando também, vários sucessos.

Em 2008 recebeu o convite para integrar a banda FURACÃO DO FORRÓ, sendo a responsável por vários sucessos da banda, como “Quem perde é você”, “Eu largo tudo”, “Pode parar”, entre outros. Em Junho de 2014, deu início a sua carreira solo, onde têm mostrado a sua verdadeira identidade. A gravação do seu primeiro DVD de divulgação teve ingressos esgotados no Festival de Folguedos, na cidade Teresina (PI), já seu segundo DVD foi gravado em São Luis (MA) comemorando seus 18 anos de carreira, para um público de mais de 15 mil pessoas, e em 2016 foi gravado o seu terceiro DVD intitulado “Mara Intimate” na cidade de Fortaleza (CE). Alguns sucessos como, “Um dia”, “Nem tire a roupa”, “Ela te ama”, “Não era pra te amar” e “Cansei de Sofrer”, já têm rendido enorme destaque a nível nacional.

Assista:

Acesse nossas redes sociais e fique por dentro da programação e informações da “ALLLURE”.

Instagram: @allure_slz

#somostodosallure

Allure, sua nova casa de show com o luxo e o conforto que você merece.

Serviço:

O que? Arraiá da Allure

Quando? Sábado dia 09 de junho

Horário? 22h

Onde? ALLURE (Lagoa da Jansen, próximo antigo Salomé Bar)

Quanto?

Primeiro Lote

R$ 40,00 Pista

R$ 60,00 Lounge

Informações para reservas camarote para até 15 pessoas:

(98) 98263-49 82

(98) 99101-73 01

Atrações: Arraiá da Allure com Mara Pavanelly, Luckas Seabra e Dj Rogério Mix

Horário: 22h

Pontos de venda antecipados:

Bilheteria Digital do: Shopping da Ilha, Rio Anil Shopping e Rio Poty Hotel

Açaí Sunset: Shopping da Ilha, Ponta D’ Areia, Parque Shalon, Rio Anil Shopping e Tropical Shopping.

Reservas e Informações:

(98) 98263-49 82

(98) 99101-73 01

Realização: Allure (Júnior Sales e Leandro Costa) e Jr Sales Produções.

Assessoria: Rita Matos Assessoria de Imprensa e Comunicação

REPÓRTER DA TV MIRANTE É VÍTIMA DE SEQUESTRO RELÂMPAGO EM SÃO LUÍS

Por volta das 20h desta quinta-feira (07) a jornalista Mieko Wada, repórter da TV Mirante, foi vítima de um sequestro relâmpago na Avenida São Luís Rei de França.

Mieko foi interceptada por três meliantes na proximidade da Faculdade Pitágoras, antiga FAMA. Os bandidos tomaram seu veículo Renault Duster, de cor prata, placa OJB-3958.

Quando foi abordada pelo grupo, a repórter estava acompanhada do seu filho.

Apesar do momento de aflição, minutos após o ocorrido, colegas da imprensa publicaram um  áudio de Mieko no grupo de whatsApp “Profissionais Jornalistas”, no qual a repórter tranquiliza a todos afirmando que foi liberada pelos assaltantes na altura do bairro da Cohab.

“Oi gente, eu acabei de deixar aqui o bandido aqui tá, perto da Cohab, tá tudo bem, eu e Enzo (filho) estamos bem, é… o saldo não foi tão ruim eu tô até com meu celular na mão, tá?! Tá tudo bem, gente, só preciso me localizar mesmo”, disse a vítima que seguiu para registrar boletim de ocorrência.

Com informação Domingos Costa.

JUSTIÇA AFASTA DELEGADO DE MIRINZAL

Delegado Jorge Antônio Silva Santos (foto)

Atendendo a pedido formulado pelo Ministério Público em Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa, a Justiça determinou, em medida liminar, no último dia 30, o afastamento do delegado Jorge Antônio Silva Santos de suas funções na Delegacia de Polícia de Mirinzal até o julgamento definitivo da Ação. O delegado está, inclusive, proibido de frequentar a Delegacia.

Na ACP, proposta pelo promotor de justiça Frederico Bianchini Joviano dos Santos, em 24 de maio, o Ministério Público afirma que o delegado de polícia age com desídia no desempenho do cargo, não tomando as providências devidas em inquéritos policiais e autos de prisão em flagrante. O membro do Ministério Público ressalta que a falta de providências acontece até mesmo em casos de violência doméstica, homicídio, tortura e estupro de vulnerável, entre outros.

Na Ação, o Ministério Público elencou 16 investigações que ficaram paradas por anos sem qualquer conclusão, Há um caso de lesão corporal seguida de morte ocorrido em 2009 em que não foram realizadas as diligências requisitadas. Outro caso do mesmo ano, a respeito de um crime de tortura, não teve o inquérito policial sequer instaurado.

O delegado Jorge Santos também não responde às requisições do Ministério Público encaminhadas à Delegacia de Polícia. Um ofício a respeito de um caso de violência doméstica foi reiterado quatro vezes e, mesmo assim, não teve nenhuma resposta da autoridade policial.

Questionado, o delegado justificou sua inércia pela falta de condições de trabalho. Ofício encaminhado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, no entanto, informa que materiais como computadores e impressoras foram encaminhados à Delegacia de Mirinzal. “O Ministério Público não fecha os olhos sobre a pouca estrutura da Polícia Civil, sobretudo na Comarca de Mirinzal. Destaca-se que, mesmo com sua estrutura mínima, o requerido não faz o básico. Nada justifica um auto de prisão em flagrante ficar parado por três, quatro, oito anos”, afirma Frederico Bianchini.

Para o promotor de justiça, o delegado “baseia-se nessa falta de estrutura para não trabalhar e, consequentemente, contribuir para o aumento da violência e o sentimento de descrédito na justiça e da sensação de impunidade na comarca”.

Além do afastamento imediato do cargo, o Ministério Público do Maranhão requereu a condenação de Jorge Antônio Silva Santos por improbidade administrativa. Entre as penalidades previstas estão a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por três a cinco anos e pagamento de multa de até 100 vezes a remuneração recebida no cargo de delegado.

JUIZ OSMAR GOMES LANÇA LIVRO “ LEMBRANÇAS E EMOÇÕES” NESTA QUINTA

Juiz Osmar Gomes dos Santos

Titular da 1ª Vara do Júri da Comarca de São Luís, o juiz Osmar Gomes dos Santos faz sua estreia na literatura nesta quinta-feira (7), quando reúne convidados, a partir das 19 horas, no restaurante Feijão de Corda, na Avenida Litorânea, para autografar o livro “Lembranças e Emoções”. Pelo título e a ilustração da capa, retratando garotos numa animada pelada, o autor, menino paupérrimo oriundo da Baixada, nos leva a pensar inicialmente ser uma autobiografia. Nada disso.
“Lembranças e Emoções,” na realidade é uma obra de poemas, e o escritor destaca que ali, deságua em saudades. “São lembranças de uma infância pobre, são memórias de uma vida permeada de dificuldades. A biografia deve sair no próximo mês de setembro, mas nesse livro estão retratados, através da poesia, os percalços de um menino órfão de pai aos 4 anos de idade, mas que conseguiu superar muitos entraves através dos estudos, da luta e da perseverança. ”, afirma.


A EPOPEIA DA FAMÍLIA SANTOS
Para entender as lembranças a que o magistrado se refere, é necessário conhecer sua origem e a verdadeira epopeia dele, de sua mãe, Maria Gomes dos Santos, que, aos 90 anos esbanja lucidez e dos irmãos Pedro Gomes (primogênito) que foi vereador em Cajari, Raimundo José, também ex-vereador, Lúcia Gomes, formada em matemática, Zuila Gomes, pedagoga e Jurandir Gomes, gerente de banco.
Nascido em 25 de março de 1962, no povoado Enseada Grande, no município de Cajari, Osmar ficou órfão do pai, José Basílio dos Santos, quando tinha apenas 4 anos de idade, em 1966. Dona Maria Gomes, se viu entre a cruz e a espada. Viúva e com seis filhos, teve, como alternativa de sobrevivência, se transformar em quebradeira de coco.
Mas a família foi dividida, porque Pedro veio Para São Luis, tentar a vida, enquanto os outros foram para casa de parentes na cidade de Matinha, ficando apenas Osmar e Zuila em Cajari, em companhia da mãe. O cenário começou a ser modificado quando Pedro, com muito sacrifício, conseguiu construir um casebre no São Francisco, por trás do Sistema Mirante.
História repleta de encantos e contos, muito interessante , você leitor que quer saber um pouco mais sobre esse livro, estará na melhores livrarias de São Luís e vale muito lembrar do Maranhão de antigamente cheio de boas histórias e boas lembranças , de um Maranhão … De um Maranhão que ficará sempre na lembrança.

NOTA DE REPUDIO À JUÍZA DO PRIMEIRO JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DE SÃO LUÍS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO

                                      Veja a íntegra da nota

O SINDICATO DOS ADVOGADOS DO ESTADO DO MARANHÃO – SAMA, filiado à Força Sindical, Entidade de Primeiro Grau, representativa dos Advogados , com sede na Av. dos Holandeses, salas 803/804, Ed. Century Multiempresarial, Calhau, telefone: (98) 30828652, São Luís – MA, vem a público , por intermédio do seu presidente in fine assinado, manifestar a sua indignação por atos humilhantes, reprováveis e atípicos praticados pela Juíza de Direito Andrea Lago, titular do 1º JECRIM, na sala de audiência , em face do Advogado e Diretor do SAMA, Tufi Maluf Saad, em pleno exercício de sua profissão, no dia 05/06/18 , na presença de várias testemunhas , pelas razões doravante esposadas:

O fato se deu no início dos trabalhos, por volta das 09 horas, de ontem, dia 05/06/18, na sala de audiência do Primeiro Juizado Especial Criminal da capital do TJMA, quando o Advogado Tufi Maluf Saad, requereu uma questão de ordem , apenas para se cientificar sobre a juntada ou não de documentos imprescindíveis à promoção da ação penal pelo Ministério Público, como por exemplo a representação criminal pela representante legal da menor que figurava na demanda como vítima no TCO.

Indignada com a intervenção do causídico, sem motivo que o justificasse , como já é de costume, isto segundo relato de vários advogados e advogadas nas redes sociais, a magistrada bradou e decretou de forma arrogante e sem escrúpulo que o causídico se calasse como se ainda estivéssemos no período de exceção
Ato continuo o advogado sindicalista retrucou dizendo-lhe que não tinha autoridade para mandar-lhe calar a boca, tampouco de se dirigir daquela forma intempestiva e truculenta pois aquela conduta não era comum no cotidiano advocatício.

Sem demora, Andrea totalmente desnorteada , determinou a invasão da sala de audiência, sem razão, por policiais militares, fortemente armados, para prender Dr. Tufi pela prática de crime de desacato.
Esse ato violou completamente o Estatuto da Advocacia que veda a prisão por desacato de advogado no exercício da profissão. Por essa razão e ilegalidade o advogado respondeu no mesmo tom, dando-lhe voz de prisão pela prática de crime de abuso de autoridade. Criado o impasse , acabou que nenhum dos contendores foram presos.

O SAMA lamenta profundamente a postura insana e açodada da magistrada que serviu tão somente para enxovalhar ainda mais o combalido judiciário maranhense. Da mesma forma repudia o aparelhamento da JUSTIÇA com POLICIAIS ARMADOS servindo de escudos para magistrados autoritários como essa juíza, os quais ao invés de estarem nas ruas combatendo o crime , ganham gratificações para servirem aos interesses de autoridades que nenhum compromisso tem com a lei e a democracia.

E essa não é a primeira vez que a cena se repete na Justiça maranhense, quando policiais recebem ordens ilegais naquela casa da INJUSTIÇA e cumprem a qualquer custo para manterem-se nas funções com as gratificações pomposas. Mas felizmente o Dr. Tufi, reagiu e nós advogados doravante vamos reagir a qualquer intento de violação da lei e das prerrogativas custe o que custar.

Por fim, a magistrada lavra a ata da audiência (anexa) , pasmem, sem registrar os acontecimentos que ela gerou de forma irresponsável , ocultando de forma dolosa que houvera decretado a invasão, prisão e retirada a força de um advogado que exercia a sua profissão, passando um atestado de falsidade para os anais da JUSTIÇA e na própria nota que encaminhou à AMMA – Associação dos Magistrados do Maranhão, inventou uma falsa versão que se debate com a malsinada ata de trabalho.

Por todas essas razões o SAMA confrontará tais documentos na própria justiça de que ela faz parte e no CNJ, para saber qual documento é o verdadeiro e qual é o falso, porquanto o que ela diz no Termo de Audiência Preliminar não é o que ela retrata na nota.

A propósito, amanhã, dia 07/06/18, por volta de 09hs, o SAMA fará distribuição da presente NOTA DE REUDIO com a ata questionada, se é que assim pode ser chamada, em frente ao 1º JECRIM, no 3º andar, do Fórum Desembargador José Sarney, ficando desde já todos os advogados do Estado do Maranhão convidados para participarem do protesto.

São Luís – MA, 06 de junho de 2018.
MOZART BALDEZ
Advogado
Presidente do SAMA