Blog do Gilson Vieira -

Alcione faz show no Arraial Pertinho de Você

A Marrom comemora 45 anos de carreira em São Luís

Na véspera de São Pedro, dia 28, o Arraial Pertinho de Você brinda o público com uma programação especial em mais um grande show nacional, e será a vez do romantismo da cantora Alcione, e deverá apresentar, também, alguns clássicos do São João do Maranhão consagradas em sua voz, como a lendária toada “Maranhão, Meu Tesouro, Meu Torrão”, obra-prima do saudoso Humberto Maracanã. E sem esquecer-se das toadas ‘Mimoso’, do compositor Ronald Pinheiro, e ‘Boi de Lágrimas’, de Raimundo Macarra.

A noitada festiva começa a partir das 20h, com Dança Portuguesa, segue como Cacuriá da Rogéria, às 21h. Já às 22h, os tambores vão rufar com apresentação do Tambor de Crioula Arte Nossa. Alcione Nazareth sobe ao palco por volta das 23h.

Dona de uma voz inconfundível, Alcione promete um show memorável, no qual, mais uma vez, encantará os ouvidos do público com seu timbre de voz inigualável. Maior cantora maranhense e uma das mais aplaudidas do Brasil, a Marrom, como ficou conhecida ao longo de sua premiada carreira, a artista faz sucesso também no exterior, onde mantém uma legião de admiradores cativos.

Impar, emblemática e dona de um carisma especial, Alcione conquistou milhões de fãs ao longo de sua trajetória de mais de 45 anos de carreira e promete arrebatar a plateia do início ao fim da sua apresentação no Arraial Pertinho de Você, com certeza um dos mais organizados, seguros e bem frequentados da temporada junina deste ano.

Serviço

O que: Show de Alcione Nazareth
Outras atrações: 20h – Dança Portuguesa – 21h00 – Cacuriá da Rogéria. 22h00- Tambor de Crioula.
Onde: Arraial Pertinho de Você
Quando: 28 de junho
Entrada: Gratuita
Localização: Cohama, ao lado da Batuque Brasil

Feirinha São Luís estimula produção e venda de produtos agrícolas na capital

O governador Flávio Dino visitou neste domingo (25), a terceira edição da Feirinha São Luís

O governador Flávio Dino visitou neste domingo (25), a terceira edição da Feirinha São Luís
Uma nova janela de escoamento da produção local, a terceira edição da Feirinha São Luís, realizada pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), funciona como vitrine para os produtos agrícolas cultivados na Ilha de São Luís. O espaço, que também contempla artesanato, artes plásticas, gastronomia, literatura e apresentações culturais, conta com a parceria do Governo do Estado.

Presente nessa edição, o governador Flávio Dino, que visitou a feirinha acompanhado da primeira-dama Daniela Lima, destacou a importância de ocupar o Centro da cidade com atividades produtivas. “Estamos ocupando uma parte importante da capital do Estado, valorizando a produção local agrícola, artesanal e cultural, ativando ainda mais a promoção turística com um projeto que tem uma intenção social de geração de renda. Pude conversar com todos os comerciantes presentes e vi a alegria deles em participar da Feirinha São Luís que veio pra ficar e só tem a crescer cada vez mais”, afirmou o governador.

Titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues

Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, o escoamento da produção local, assim como a geração de emprego e renda, principais objetivos da Feirinha São Luís, foram alcançados com a juda do público que abraçou a iniciativa da Prefeitura. “A ideia surgiu por orientação do prefeito Edivaldo, da necessidade de novos canais para comercialização da produção rural da nossa capital, que é muito rica em agricultura, e unimos com a vontade de reocupar o Centro da capital aos fins de semana, durante a manhã. Já vemos clientes fiéis, que estão presentes em todos os eventos e sempre chamando mais alguém para prestigiar”, informou Ivaldo Rodrigues.

CULINÁRIA

A variedade da culinária regional é marcante no projeto. São oferecidos ao público caldos diversos, bolos, doces em compotas, geleias, queijos, tortas salgadas, frutos do mar, mocotó, e outros ítens que podem ser consumidos por preços acessíveis. “A presença maciça da população e turistas está sendo muito importante, pelo intercâmbio sociocultural, pois além de poderem apreciar as apresentações culturais, fortalecidas durante o período junino, podem também degustar da nossa gastronomia ímpar, com comidas típicas, ou guloseimas que comumente são oferecidas em feiras livres da capital, como os tradicionais pasteis recheados, acompanhados de caldo de cana, entre tantas outras opções, e depois fazer um passeio pelo Centro Histórico”, frisou o secretário Ivaldo Rodrigues.

São Luís tem uma grande quantidade de agropolos e comunidades produtivas, gerando vasta variedade frutífera, além de hortaliças leguminosas, folhagens e verduras, cultivadas de forma agroecológica, ou seja, sem o uso de fertilizantes que agridem o solo, água e meio ambiente. As produções são de pequeno porte e geralmente realizadas por famílias da zona rural.

Reginaldo Fonseca Cantanhede é produtor agrícola de Paço do Lumiar, ele cultiva tangerina, mamão, abricó, maracujá, abacate, manga e goiaba. “Estou aproveitando esse espaço dado para poder escoar a produção também aos domingos, pois não podemos perder a oportunidade de fazer uma renda extra para a nossa família. O retorno tá sendo proveitoso, à cada domingo, acredito que a venda gira em torno de 400 quilos de produtos na minha banca”, constatou Reginaldo.

ARTE E ARTESANATO

As mentes criativas do Maranhão, que produzem obras de arte e artesanato, também tem seu espaço reservado nas bancas da Feirinha São Luís. Estão à venda bolsas, camisas, tapetes, redes, chapéus, porta objetos, bonecas soulvenirs, e outros ítens.

Nascida em uma família que já está na sétima geração de rendeiras, a artesã Maria Edwanda Oliveira, executa a técnica da renda de bilro, que aprendeu os sete anos de idade com sua mãe. “A paixão e vontade de ser rendeira tá no sangue, eu me realizo fazendo esse trabalho, me sinto muito bem e faço por amor. O surgimento dessa feira foi bom demais, pois é mais um dia para poder vender nossa arte e ganhar uma renda extra, para contribuir em casa”, afirmou.

Maria Nivanilde Santos, faz artesanato utilizando como material a palha do buriti, técnica que ela aprendeu há 9 anos, e desde então não parou mais. “Quando a gente aprende um ofício, não quer mais largar, tive muitas mudanças boas na minha vida desde então. Além de poder todo dia aprender coisas novas e usar a imaginação para criar e imprimir a personalidade no artesanato, podemos realizar troca de experiências, conhecendo novas pessoas e agregando mais cultura, como em um projeto como esse da Feirinha São Luís, antigamente não tinha um lugar assim com tanto cliente no domingo para comprar nosso trabalho, tá sendo lucrativo expor nossa arte aqui”, disse a artesã.

Na Barraca do Chef dessa edição, que dá espaço a nomes reconhecidos da culinária maranhense e apresenta ao público pratos diferenciados, tradicionais e novidades, quem comandou o espaço neste domingo foi a chef Cila Brandão, da Budegaria.

CULTURA

Nessa edição, a diversidade deu o tom, iniciando com o Centro de Capoeira Angola Matroá, que trouxe uma mistura do som do berimbau com matracas de bumba meu boi; na sequência, o couro aquecido do tambor de crioula Arte Nossa fez a alegria do público; a Banda do Bom Menino deu continuidade à festividade que teve ainda o sotaque de orquestra do boi Brilhoso do Sol e Mar, a quadrilha Mocinha do Sertão e o forró Pé de Serra, que não deixou ninguém parado.

Participam da feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia.

A iniciativa reúne órgãos municipais, Banco do Nordeste, Governo do Estado, Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Comercial do Maranhão (ACM). Apoiam ainda o evento, o Senac, a Academia Maranhense de Letras, e a Arquidiocese de São Luís.

O SÃO JOÃO DE UMA NOVA HISTÓRIA: SUCESSO DE PÚBLICO E CRÍTICA

Depois do Carnaval, possivelmente são as festas juninas as maiores representantes da cultura popular do Brasil. Basta ver as multidões que se reúnem para celebrar São João, Santo Antônio e São Pedro, especialmente nos estados do Nordeste. Depois do sucesso que foi o maior carnaval de todos os tempos da cidade de Pinheiro, o São João não poderia ficar devendo, com a responsabilidade de fazer o maior e mais tradicional festejo da cultura nordestina a Prefeitura de Pinheiro, através da Secretaria de Cultura e Turismo, montou uma programação diversificada e voltada para superar as expectativas dos pinheirenses.

Com o tema: O São João de uma nova história, tem levado todos os dias para o Parque do Povão milhares de pessoas em busca de diversão embalados por uma programação diversificada, repleta de atrações e muito folclore. Famílias inteiras celebraram com muita alegria, dançando e se divertindo ao som de grandes artistas de nossa terra e cantores de bandas de renome nacional.

O palco principal da festa recebe todas as noites desde o dia 22 de junho, danças folclóricas, grupos artísticos como: Bumba-Meu-Boi, Danças Portuguesas, Quadrilhas e muito mais. Uma grande estrutura foi montada para receber a população que com o novo layout foi possível um maior controle no quesito segurança.

O dia 02 de julho será o encerramento e contará com a cantora evangélica Bruna Karla, um nome gospel cantando em uma festa de São João mostrando que nossa cultura é um espaço de todos e para todos. Viva o São João de uma nova história.

Feirinha São Luís anima o Centro Histórico neste domingo (25) na Praça Benedito Leite

Feirinha São Luís movimenta grande público aos domingos

A calmaria e silêncio aos domingos na Praça Benedito Leite, localizada no Centro Histórico, ficaram no passado. Desde o último dia 11 de junho, quando a Prefeitura inaugurou a Feirinha São Luís, o espaço, que antes era pouco povoado aos domingos, ganhou uma cara nova, com atrações culturais que agitam o público, além da diversidade da gastronomia e oferta de produtos agrícolas vindos direto da zona rural da capital.

“Estamos trabalhando incansavelmente para que o sucesso continue em todas as edições da Feirinha São Luís, que reúne a população no local e reocupa o Centro da capital, gerando emprego e renda, além de entretenimento para turistas e moradores da cidade”, explicou o titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues.

A estudante paraibana que mora em São Luís há 13 anos, Adriane Andrade da Costa, esteve presente na última edição do evento e achou o projeto muito interessante. “Além de poder incentivar os agricultores locais, que podem aumentar sua renda e produção com o crescimento da demanda, gera mais economia para o Estado. É a valorização do que tem de melhor no Maranhão” disse a estudante.

CULTURA

Durante a feirinha, as atrações culturais se revezam animando os presentes e, ao mesmo tempo, divulgando as manifestações locais. Nesta edição, as apresentações começam às 8h, com o som do berimbau do Centro de Capoeira Angola Matroá; na sequência, às 9h, o couro aquecido do tambor de crioula Arte Nossa faz a alegria do público; às 10h entra a Banda do Bom Menino, dando continuidade aos festejos juninos; já às 11h, o sotaque de orquestra do boi Brilhoso do Sol e Mar traz mais cores à feirinha; às 12h, a quadrilha Mocinha do Sertão dita a festa, que segue às 13h com a irreverência do cacuriá da Fé em Deus. Às 14h, o forró Pé de Serra.com fecha as apresentações.

“Paralelo ao viés cultural, a Feirinha São Luís vai se fortalecendo como espaço de lazer, de comércio, de interação social. Famílias inteiras podem aproveitar para curtir a praça e ainda levar para casa produtos tipicamente maranhenses”, enfatiza o secretário Ivaldo Rodrigues.
Participam da feirinha 11 polos que comercializam produtos diversos a preços competitivos distribuídos em 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia, além dos food trucks.

GASTRONOMIA

A novidade desta edição é a abertura do Restaurante Escola Senac durante os domingos. Referência no Maranhão pela qualidade de ensino transmitida aos alunos, aliada à excelência no atendimento e demais serviços oferecidos aos clientes, o restaurante vai agregar valor também ao projeto da feirinha, com um cardápio diferente e variado.

Para o diretor regional do Senac, Ahirton Lopes, a instituição que atua na região por meio do trabalho desenvolvido no Restaurante Escola ao longo de 25 anos, não poderia deixar de apoiar o projeto. “Recebemos a proposta com muita alegria e não vamos medir esforços em atender ao público visitante da Feirinha São Luís, que já sabemos que é formado, em grande parte, por turistas e admiradores da gastronomia e cultura maranhense”, destacou Ahirton Lopes.

Na Barraca do Chef, que dá espaço a nomes reconhecidos da culinária maranhense e apresenta ao público pratos diferenciados, tradicionais e novidades, quem comanda o espaço neste domingo é a chef Cila Brandão, do Restaurante Armazém do Chef.

No evento são expostos e comercializados produtos e subprodutos da agricultura familiar, como frutas, legumes, verduras, hortaliças, doces, compotas, queijos e comidas típicas do estado.

A iniciativa reúne órgãos do município, Banco do Nordeste, Governo do Estado, Supermercados Mateus, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Comercial do Maranhão (ACM).

Apoiam ainda o evento, o Senac, Academia Maranhense de Letras, Associação dos Moradores do Centro, Secretaria de Estado da Cultura e Turismo, Iphan-MA, Arquidiocese de São Luís, Sindicado dos Trabalhadores Trabalhadoras Rurais de São Luís.

Justiça manda professores de Cedral voltarem à sala de aula

Justiça decretou a ilegalidade da greve dos professores no Munícipio de Cedral do Maranhão, de acordo com informações de ligado ao Sindicato dos Professores. A Justiça estabeleceu que toda a categoria deve voltar às atividades imediatamente.

Os Professores da rede pública municipal de ensino de Cedral-MA, entraram em greve no começo do mês (02) contra recentes atitudes promovidas pela Prefeitura Municipal, que prejudicam o desenvolvimento da Educação, bem como a desvalorização os profissionais.

A Prefeitura de Cedral, recorreu à justiça que decidiu que os professores deverão voltar às salas de aula.

Programação Oficial do São João 2017, em Centro Novo do Maranhão

A Prefeitura de Centro Novo do Maranhão, através da secretaria Municipal de Cultura e igualdade racial, em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo, divulgou a programação oficial do “SÃO JOÃO PARA TODOS 2017” na noite de ontem quinta-feira (22). O são João de 23 a 30 de junho de 2017. Atrações: quadrilhas juninas, bumba meu boi, dança indígena, dança portuguesa, dança cigana, tambor de crioula e muito mais.

 A Praça José de Alencar, já está preparada para receber o público centronovenses.

GOVERNO DO ESTADO ENTREGA AMBULÂNCIA AO MUNICÍPIO DE PINHEIRO

O Governador Flávio Dino entregou nesta quinta-feira (22), a centésima ambulância à população maranhense. As entregas começaram no início deste ano e o marco de 100 ambulâncias foi atingido com a doação de mais oito veículos. O município de Pinheiro foi contemplado com uma unidade para o atendimento dos pinheirenses e o Prefeito Luciano foi receber pessoalmente das mãos do governador.

O objetivo do Governo do Estado é entregar ambulâncias aos 217 municípios do Maranhão. Cada veículo entregue custa R$160.000,00 (cento e sessenta mil reais)  – adquiridos por meio de emenda parlamentar e recursos do Tesouro Estadual. Em sua fala o Governador Flávio Dino pontuou que em seu último encontro com o Prefeito Luciano, foi sublinhada a necessidade que o município de Pinheiro tinha em relação a saúde devido ao caos em que o município foi recebido pelo atual gestor.

A ambulância pode ser usada como unidade básica ou Unidade de Suporte Avançado (USA) e é equipada com duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio.

Prefeitura e Estado promovem capacitação para merendeiras de escolas em Raposa

Prefeita Talita Laci e secretário Neto Evangelista observam merendeiras que exibem o certificado de conclusão do curso

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes) em parceria com a prefeitura de Raposa finalizou nesta quinta-feira (23) uma capacitação voltada para as merendeiras que trabalham em escolas da rede pública municipal de ensino.

A ação contemplou 31 trabalhadoras do município. O curso iniciou na última terça-feira (20) e teve como objetivo levar conhecimentos técnicos às profissionais da área, a fim de proporcionar mais qualidade no preparo e na manipulação dos alimentos servidos aos estudantes.

A capacitação é composta por módulos teóricos e práticos que versam sobre técnicas de preparo e aproveitamento integral dos alimentos, princípios básicos de higiene, boas práticas de manipulação e a parte prática de preparo de alimentos como Shake de macaxeira e banana, risoto com casca de abóbora e frango ,Mingau de banana verde  salada de feijão  e de maxixe, risoto de carne, torta de mamão verde, creme de abóbora, suco de limão com couve e hortelã , dentre outros.

“Muitas vezes os alunos chegam com fome e ninguém consegue estudar com fome, a merenda feita de forma adequada e com carinho faz toda a diferença na rotina de estudo das crianças e adolescentes” comentou o gestor da Sedes, Neto Evangelista que participou da entrega dos certificados.  Estiveram presentes, também, a prefeita da Raposa, Talita Laci, diversos secretários do município e representantes do conselho de segurança alimentar e nutricional.

De acordo com a secretária Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan) da Sedes, Lourvídia Caldas, é muito importante reconhecer o papel que cozinheiros e merendeiras têm no processo educacional de crianças e adolescentes. “Esses profissionais são de fundamental importância no processo de aprendizagem dos alunos, são eles os responsáveis pela preparação das refeições que são servidas diariamente às nossas crianças e adolescentes e, como todos sabem, uma alimentação adequada e balanceada reflete no rendimento escolar, por isso o Governo do Estado tem dado uma atenção especial a esses profissionais, a fim de qualificá-los e garantir refeições bem elaboradas e ricas nutricionalmente”, explicou a secretária.

Para Edileusa Cardoso, que trabalha na Escola Rosa Reis Trindade, o curso vai contribuir bastante em sua função como merendeira escolar. “É sempre bom aprendermos cada vez mais. Com a capacitação vamos conseguir fazer com mais qualidade o que já sabemos, mas com alguns ajustes para que as refeições preparadas por nós sejam mais nutritivas e, principalmente, sem desperdiçar partes importantes de alguns alimentos. E todas essas orientações servirão não apenas para meu trabalho, são dicas preciosas que também levarei para minha casa”, disse Edileusa que já trabalha há 7 anos com a preparação de alimento escolar.

DEPUTADO OTHELINO NETO TENTA USAR GOVERNO DO ESTADO PARA ENGANAR A POPULAÇÃO

Deputado Othelino Neto

A pedido da secretaria municipal de saúde de Pinheiro, o governador Flávio Dino concedeu ao município uma ambulância para fazer o atendimento de urgência e emergência na região.
Como consta em documento anexado a esta matéria, o ofício assinado pelo secretário de saúde de Pinheiro, Raimundo Miranda, foi emitido no dia 30 de março de 2017 e protocolado no dia seguinte. No documento, o secretário deixa claro a necessidade urgente de novas ambulâncias para o munícipio devido ao grande fluxo de atendimentos não só na cidade de Pinheiro, mas de regiões adjacentes.

Vale ressaltar que quando a atual gestão assumiu a administração do município, nenhuma das quatro ambulâncias pertencentes ao SAMU funcionavam, estavam quebradas e sucateadas e a população a mercê do descaso deixado pelo ex-prefeito da cidade.
Descobrindo a farsa
Sabendo que o governador Flávio Dino atenderia ao pedido da secretaria de saúde de Pinheiro, Segundo o Blog do Wellington Sergio, o deputado Othelino Neto tentou obter vantagens associando para si o mérito de mais essa conquista da gestão do prefeito Luciano Genésio;
Quando soube da notícia, Othelino se apressou em digitar um ofício que foi entregue ontem (dia 20 de junho) e protocolado  como consta no documento divulgado pela mídia de aliados do próprio deputado.
Após compactuar com falsas denúncias contra o próprio governo, a quem Othelino se diz aliado, ele tenta mais uma vez enganar o povo usando o Governo do Estado para tentar levar vantagens em cima do trabalho de quem realmente se preocupa com os pinheirenses.

Fonte: Wellington Sergio