Blog do Gilson Vieira -

Qualidade de Vida: Convênio vai permitir a construção de 18 poços em Anajatuba

anajatuda-funasa

Já dizia Augusto Cury que “a grandeza de um homem não está no quanto ele sabe, mas no quanto ele tem consciência que não sabe”. E somente alguém com pouca grandeza e consciência para não reconhecer os avanços significativos implementados, nos últimos 12 meses, sob a batuta do prefeito Sydnei Pereira (PCdoB), no município de Anajatuba.

Além da completa inexperiência em gerenciar a coisa pública, da falta de recurso decorrente da sangria que desviou quase R$ 14 milhões de reais, no esquema comandado pelo então prefeito Helder Aragão, afastado e preso, na época, por determinação da justiça, ao assumir o comando do município, em outubro de 2015, a falta de água foi outro grave problema enfrentado pelo gestor.

Mas apesar das intemperes Sydnei não desistiu de lutar por uma Anajatuba com melhores condições de vida para sua população, e de tanto percorrer corredores de órgãos estaduais e federais, visando mais e mais benefícios para o município, o prefeito conseguiu a reativação de um convênio com a Fundação Nacional de Saúde – FUNASA, na ordem de R$3,7 milhões de reais, que tem como objetivo a construção de 18 poços.

Desse montante, 03 já estão em pleno funcionamento e outros 04 estarão sendo entregues até o 31 de dezembro do ano em curso. Com profundidade que vareia entre 30 e 160 metros, nas localidades Areial, Teso Grande e Carro os poços já estão atendendo a comunidade. Enquanto os poços dos povoados Assutinga, Flores II e Gameleira serão inaugurados até o final deste ano.

“Logo que assumi, ainda em outubro de 2015, com intuito de levar água potável aos povoados, precisamos fazer um alto investimento com o aluguel de carro pipa. Podem não acreditar, mas ao visitar as localidades, em muitas oportunidades não conseguir conter as lágrimas em vê a péssima qualidade da água consumida pelos anajatubenses. Essa situação me corroía por dentro, fato que me levou a prometer que, dentro das minhas possibilidades, faria o possível para resolver ou amenizar o problema advindo da falta d´água. E mesmo diante da crise que assola o País, com a redução de recursos, cortes e suspensão de programas federais, conseguir cumprir o que estabeleci como uma das prioridades na nossa administração. Não tenho dúvida que esses poços ajudarão a melhorar a qualidade de vida dos meus conterrâneos”, evidenciou o prefeito.

Câmara Municipal vai ajudar família de jogador maranhense que morreu em voo da Chapecoense

Ivaldo Rodrigues pede que Câmara Municipal ajude família de jogador maranhense que morreu em voo da Chapecoense

Ivaldo Rodrigues solicita que a Câmara Municipal ajude família de jogador maranhense que morreu em voo da Chapecoense

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), apresentou nesta quarta-feira (30), um requerimento solicitando que a Câmara Municipal de São Luís, se coloque a disposição da família do jogador maranhense Ananias Elói de Castro Monteiro que morreu na última terça-feira (29), na queda do avião do Chapecoense para a Colômbia.

O requerimento apresentado pelo vice-líder do governo Vereador Ivaldo Rodrigues, pede que possa ser oferecida para o funeral do jogador, assim como qualquer outra necessidade estrutural para realização da despedida do atleta maranhense.

Ivaldo ainda pede que sejam feitas as devidas honrarias institucionais a Ananias Elói de Castro Monteiro.

Uma pessoa da família foi para são paulo acompanhar tudo. Vamos decidir ainda tudo isso. Sobre o enterro, conversar com a esposa dele para saber como faremos – disse o tio do jogador, Paulo de Aruanda.

Requerimento solicitando a Câmara Municipal de São Luís

Requerimento solicitando a Câmara Municipal de São Luís

O sepultamento do corpo do jogador maranhense Ananias, está entre São Luís e Salvador. A dúvida será solucionada na quinta feira (01). A esposa e o filho do jogador moram na Bahia e a mãe e demais parentes são de São Luís. Por isso, os familiares ainda vão conversar para decidir o local.

A informação que os corpos dos jogadores devem chegar ao Brasil na sexta-feira (2). Na oportunidade, a Arena Condá, local dos jogos do time, deve servir para o velório coletivo.

A identificação dos corpos será feita em São Paulo, então, as famílias têm de ir para lá. Depois, a nossa ideia é fazer o velório coletivo aqui no estádio. Trazer todos os mortos para cá. Todas as pessoas querem dar apoio, dar um abraço. Depois disso, se fará a logística para ir a cada uma das cidades – explicou Tozzo, agora presidente em exercício já que o mandatário Sandro Pallaoro estava no voo.

Aborto até 3º mês de gestação não é crime, decide Turma do STF

Voto do ministro Luís Roberto Barroso foi seguido pela maioria da 1ª Turma do STF

Voto do ministro Luís Roberto Barroso foi seguido pela maioria da 1ª Turma do STF

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) abriu nesta terça-feira uma nova jurisprudência e não viu crime na prática de aborto realizada durante o primeiro trimestre de gestação – independentemente do motivo que leve a mulher a interromper a gravidez.

A decisão da 1ª Turma do STF valeu apenas para um caso, envolvendo funcionários e médicos de uma clínica de aborto em Duque de Caxias (RJ) que tiveram a prisão preventiva decretada. Mesmo assim, o entendimento da 1ª Turma pode embasar decisões feitas por juízes de outras instâncias em todo o país.

Durante o julgamento desta terça-feira, os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Rosa Weber se manifestaram no sentido de que não é crime a interrupção voluntária da gestação efetivada no primeiro trimestre, além de não verem requisitos que legitimassem a prisão cautelar dos funcionários e médicos da clínica, como risco para a ordem pública, a ordem econômica ou à aplicação da lei penal.

Os ministros Luiz Fux e Marco Aurélio Mello, que também compõem a 1ª Turma, concordaram com a revogação da prisão preventiva por questões processuais, mas não se manifestaram sobre a criminalização do aborto realizado no primeiro trimestre.

“Em temas moralmente divisivos, o papel adequado do Estado não é tomar partido e impor uma visão, mas permitir que as mulheres façam a sua escolha de forma autônoma. O Estado precisa estar do lado de quem deseja ter o filho. O Estado precisa estar do lado de quem não deseja – geralmente porque não pode – ter o filho. Em suma: por ter o dever de estar dos dois lados, o Estado não pode escolher um”, defendeu o ministro Barroso.

Por/ Veja.com

Vídeo Emocionante, Tiaguinho soube que seria pai com surpresa dos companheiros de Chapecoense

Tiaguinho estava no avião que caiu na Colômbia

Tiaguinho estava no avião que caiu na Colômbia

Um vídeo divulgado pela família do atacante Tiaguinho, da Chapecoense, que estava no avião que caiu na madrugada desta terça-feira em Medellín, na Colômbia, mostra o atacante recebendo a notícia que seria pai pela primeira vez. As imagens foram feitas na semana passada, por companheiros de clube, que comemoram a novidade com o atleta, que é natural de Trajano de Moraes-RJ.

A gravação também mostra o atleta lendo um bilhete com a notícia e, logo em seguida, festejando com os jogadores da Chape. Além disso, é possível ver o jovem fazendo um gesto com as mãos como se estivesse “embalando uma criança”.

Após derrota em Coelho Neto Prefeito vai raspar e destruir tudo, diz Américo de Sousa

americo-coelho-neto-2

Há menos de um mês para deixar a prefeitura como o pior prefeito da história, de Coelho Neto. O atual prefeito tem criado todos os tipos de manobras para prejudicar a próxima gestão. 

O Prefeito eleito da cidade, Américo de Sousa (PT) usou sua rede social, hoje (29) para denunciar o atual Prefeito Soliney Silva pelas manobras de querer prejudicar de forma irresponsável, e de tem criado todos os tipos de manobras ilegais para prejudicar sua gestão em 2017.

São projetos de última hora na Câmara Municipal, dívidas milionárias, licitações fraudulentas para raspar as finanças municipais, documentos públicos sendo destruídos, equipamentos da prefeitura desaparecidos, terrenos públicos doados para aliados.

Veja na integra:

Ganhamos democraticamente a eleição municipal de 2016 para prefeito de Coelho Neto. Lamentavelmente o atual prefeito de forma irresponsável tem criado todos os tipos de manobras ilegais para prejudicar a nossa futura gestão. São projetos de última hora na Câmara Municipal completamente fora da lei, dividas milionárias, licitações fraudulentas para raspar o tacho das finanças municipais, serviços públicos essenciais como da saúde municipal sendo desativados, documentos públicos sendo destruídos, equipamentos da prefeitura desaparecidos, terrenos públicos doados irregularmente para aliados, etc. Mas, mesmo com toda essa situação estamos tranquilos, vamos trabalhar arduamente para reconstruir a nossa cidade. Só queremos antecipar uma coisa para esses bandidos que estão destruindo a nossa cidade, ao tempo em vamos trabalhar para melhorar a vida da nossa população, vamos, também, na mesma proporção, trabalhar para que os que cometeram crimes contra o patrimônio municipal sejam punidos na forma da lei, inclusive, com pedidos de indisponibilidade de bens para ressarcimento do erário público municipal.

Prisões sobem de hierarquia

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

Por/ Pedro Cardoso da Costa

Até nas prisões de ex-governadores o Rio de Janeiro se tornou pioneiro. Na semana passada, dois cariocas foram presos: Sérgio Cabral, pela Operação Lava-Jato e Anthony Garotinho sob a acusação de compra de voto.

Antes, ninguém do andar de cima era alcançado pelas leis ou pela justiça. O mensalão foi um divisor de águas entre a impunidade reinante e a punição de gente graúda. Até os ministros do Supremo Tribunal Federal demonstravam perplexidade.

Num passado não muito distante, vez ou outra era condenado um prefeito ou um vereador de cidadezinhas nos brejões do Brasil.  Tudo acabava em cestas  básicas..

A Lava-Jato, a assombração de Brasília, fez o brasileiro acostumar-se com a prisão de gente grande. Além de fazer escola junto aos demais juízes de primeira instância. Os tribunais superiores só demonstraram ciumeira. Já que não mudaram por iniciativa própria, deveriam ter aprendido a lição. Mas, vale mais o orgulho de seus ministros e o argumento de dizer apenas que não têm processo demais, não têm perfil para esse ou aquele julgamento. Além de coroarem com o argumento de que a demora eterna resulta em julgamentos perfeitos.

Nesse episódio das prisões dos peixes grandes, ficou estranha a coincidência entre a prisão de Garotinho e uma gravação de voz atribuída a ele no Fantástico, em que se mostra satisfeito por seu processo ter ido para uma relatora  do Tribunal Superior Eleitoral.  Quando a gravação foi ao ar, ela já havia determinado a transferência de Anthony Garotinho para um hospital particular – seria um castigo demasiado ele ser tratado numa daquelas pocilgas que deixou para a população quando era governador – e ganhou prisão domiciliar.

Como o caso ficou mal com essa coincidência entre gravações do beneficiado e o resultado que ele pretendia, o plenário do TSE deveria agilizar o julgamento dessa liminar ou do mérito.  Da mesma forma, deveria ter agido o Supremo Tribunal Federal, com relação ao fatiamento do impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.

Preocupa, apenas, o movimento dos revanchistas, certos de que, a partir de agora, quem aprontou pode pagar.

Nós, sociedade, tínhamos que botar o bloco nas ruas, como em 2013, para evitar que esses assombrados aprovem leis engessadoras para ficarem livres de possíveis acertos com a Justiça. Aqueles do andar de cima que coloquem as barbas de molho.

Assim, se ex-governadores, ministros, senadores já saem como cordeirinhos, daria mais força à mais eficiente Polícia Federal do mundo.

PS: Quanto mais o governo se explica sobre o caso Geddel Vieira mais se complica. O presidente precisa entender que: ruim sem ele, pior com ele.

 Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

     Bacharel em direito

Forasteiro, Após levar surra nas urnas de Bacabal, Roberto Costa poderá perder o mandato de deputado

Roberto Costa obteve menos votos que seu adversário: 18.009, contra Zé Vieira 20.157

Roberto Costa obteve menos votos que seu adversário: 18.009, contra Zé Vieira 20.157

O Deputado Roberto Costa (PMDB), que levou uma surra das urnas na disputa pela prefeitura de Bacabal, na eleição do último dia 02 de outubro, agora luta para vencer a disputa no tapetão.

E caso consiga ser diplomado – o que não é fácil – terá que renunciar ao mandato na Assembléia Legislativa do Maranhão até o final de dezembro, para assim, poder tomar posse como gestor na “Princesa do Mearim”.

Quem assume a cadeira de Costa na ALEMA é o primeiro suplente Camilo Figueiredo, do PR.

Acontece que após renunciar o mandato não tem mais volta! Já  a novela acerca da eleição de Bacabal só deve ter seu último capítulo no âmbito do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A maior corte eleitoral do país é que decidirá quem realmente será o prefeito, ou se haverá nova eleição naquela cidade.

De forma que mesmo após tomar posse como mandatário na “Capital do Médio Mearim” – caso o TRE-MA assim defina nas próximas semanas – Roberto ainda corre o risco de ficar sem a prefeitura bacabelense, a depender do que decidirá o TSE, isso após o mês de fevereiro.

Isto é, Costa poderá ficar sem uma coisa, nem outra…

Zé Vieira

Embora tenha alcançado 71,83% dos votos válidos o candidato a prefeito de Bacabal, Roberto Costa, não pode comemorar a vitória no Município, já que neste percentual não estão contabilizados os votos do candidato Zé Vieira, que não teve seus resultados validados devido à sua situação jurídica.

Zé Vieira teve o seu registro indeferido e depende de decisão  do Tribunal Regional Eleitoral – TRE-MA sobre o recurso que sua coligação apresentou contra a sua Inelegibilidade, definida com base na Lei da Ficha Limpa.

F/Domingos costa

Goleiro Danilo, assim que chegou ao hospital, pediu para que sua aliança fosse guardada

Goleiro Danilo do Chapecoense

Goleiro Danilo do Chapecoense

O goleiro Danilo do Chapecoense, que havia sido resgatado do local da queda do avião em Colômbia com vida. Danilo, assim que chegou ao hospital, pediu para que sua aliança fosse guardada.

Com a morte de Danilo, sobe para 76 o número de vítimas do acidente do avião que tranpostava 72 passeiros e nove tripulantes. Três jogadores escaparam com vida, sendo o goleiro Jackson e mais os zagueiros Alan Rouchel e Neto, além de uma comissária de bordo.

O jogador Ananias, centroavante do Chapecoense, 27 anos, também morreu no local. Ele era de São Luís do Maranhão.

Tragédia: avião que levava time da Chapecoense cai e deixa 75 mortos

chape-time

Uma verdadeira tragédia na madrugada desta terça-feira (29). O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, onde a equipe decidiria a Copa Sul-Americana, sofreu um acidente.

De acordo com as primeiras informações, existem 75 mortos e seis sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

Os sobreviventes teriam sido: os jogadores Alan Ruschel (foto acima sendo resgatado), Neto, Danilo e Follmann, um jornalista e um comissário. Não há, por enquanto, identificação das vítimas fatais.

A aeronave com o time catarinense perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.

Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias (nasceu no Maranhão), Lucas Gomes (jogou no Sampaio), Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Também estavam no voo cerca de vinte jornalistas, entre eles o comentarista e ex-jogador de futebol Mário Sérgio, da Fox Sports.

O time da Chapecoense embarcou para a Colômbia na noite de segunda (28), para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na quarta (30). Inicialmente, a delegação embarcou em um voo comercial de São Paulo até a Bolívia. Lá, o grupo pegou um voo da LaMia.

A delegação da Chapecoense teve que mudar seu voo para Colômbia por uma decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que impediu a viagem para Medellín em um voo charter, por isso teve que embarcar no avião comercial que se acidentou pouco antes de chegar na cidade colombiana.

O primeiro jogo da decisão, marcado para esta quarta-feira (30), foi cancelado, segundo a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Ivaldo Rodrigues apresenta a Lei Orçamentária Anual na tarde desta segunda-feira (28)

Vereador Ivaldo Rodrigues (PDT).

Vereador Ivaldo Rodrigues (PDT).

Nesta segunda-feira, (28), a partir das 14 horas, a Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara Municipal de São Luís estará apresentando o seu trabalho realizado sobre a apreciação da LOA (Lei Orçamentária Anual) para o município executar no ano de 2017.

O anúncio foi feito, no plenário do Legislativo Ludovicense, na manhã desta segunda-feira, (28), pelo presidente da comissão, vereador Ivaldo Rodrigues (PDT). Ele adiantou que ainda se farão presentes os vereadores José Joaquim (PSDB), relator da peça orçamentária, e Pedro Lucas (PTB), membro da comissão.

O presidente da Comissão de Orçamento disse que estará sendo colocado para apreciação um trabalho de avaliação bastante acurado, contando com a assessoria de órgãos da Câmara e consulta a secretarias municipais envolvidas no assunto.

Ivaldo Rodrigues destacou que está sendo cumprido todo o calendário estabelecido para apreciação, até a votação da LOA pelo plenário, que deverá acontecer no início do próximo mês.

F/Diego Emir