Blog do Gilson Vieira -

Na reta final, Fernando Cuba. Realiza Mega Comício e faz agradecimento ao povo de Cedral

Uma multidão se fez presente para ouvir mais uma vez as propostas de Cuba.. "O Trabalho Não Pode Parar".

Uma multidão se fez presente para ouvir mais uma vez as propostas de Cuba.. “O Trabalho Não Pode Parar”.

O último comício da campanha Vitoriosa de Fernando Cuba (PP) e do seu Vice- Luis de Moraes,  aconteceu nesta quinta-feira (29) em Frente á Prefeitura, uma multidão se fez presente para ouvir mais uma vez as propostas e a certeza de que Fernando Cuba, dará continuidade ao trabalho realizado pela prefeitura “Nós vamos continuar todo o belíssimo trabalho que a nosso grupo fez por Cedral e garanto que vamos crescer muito mais”, ressaltou Fernando.

 cuba-o2

cuba-o4

Com 49% dos votos, Luciano será eleito prefeito de Pinheiro, diz pesquisa

Luciano Genésio (PSDB) venceria as eleições com 49%.

Luciano Genésio (PSDB) venceria as eleições com 49%.

O Instituto Prever divulgou dados sobre a disputa eleitoral em Pinheiro. Pelos dados, lidera a corrida pelo comando do município Luciano Genésio (PSDB).

A pesquisa traçou vários cenários colocando os principais postulantes ao cargo de prefeito na disputa e também aferiu a rejeição dos mesmos.

Se as eleições fossem hoje, o candidato Luciano Genésio (PSDB) venceria as eleições com 49%. Em segundo ficaria o atual gestor Filuca Mendes (PMDB) com 27,2%. O candidato do governo do estado, Dr. Leonardo Sá com 13,6%. Não souberam ou não responderam 6,8%. Votos nulo/branco 1,6%.

O instituto também fez o levantamento sobre a rejeição dos candidatos de Pinheiro. Os números mostram que Filuca Mendes tem maior rejeição com 65,4% da opinião dos entrevistados.

Somente 30,9% da população aprovaram. Não souberam ou não responderam 3,7%. A pesquisa foi realizada no dia 24 a 26 de setembro e foi registrada na Justiça Eleitoral sob número MA-00961/2016. A margem de erro foi de 4,5% para mais ou para menos.

pesquisa-pinheiro-ma-1

pesquisa-pinheiro-ma-2

Prefeita de Vitória é acusada de formação de quadrilha, fraude e desvio de dinheiro

Prefeita de Vitória do Mearim, Dóris Pearce

Prefeita de Vitória do Mearim, Dóris Pearce

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia contra a prefeita do município de Vitória do Mearim, Dóris de Fátima Pearce, por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, fraude licitatória e desvio de recursos públicos federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb). De acordo com o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), de 2008 e 2011, houve sucessivos saques da conta da prefeitura que totalizaram o valor de R$ 8,3 milhões.

Segundo a denúncia oferecida pela procuradora regional da República responsável pelo caso, Raquel Branquinho, o esquema de saques vinha sendo praticado desde a gestão anterior, seguindo o mesmo modus operandi, que contava com a ajuda de servidores da prefeitura e de empresários para realizar fraudes licitatórias que justificassem a utilização de recursos do Fundeb.

Estão envolvidos a secretária de Administração do município, Iolanda Leal Silva, a tesoureira da prefeitura, Wilna Rodrigues Jardim, o assessor de administração e planejamento, Amarildo Hipólito, e o presidente da Comissão Permanente de Licitação do município, Luiz Carlos Pereira Figueiredo. Todos realizaram saques pessoalmente das contas da prefeitura, e também foram denunciados pelo MPF.

Os saques eram efetuados em agências bancárias distantes do município de Vitória do Mearim, sendo que vários saques ultrapassaram o valor de R$ 100 mil e foram efetuados por pessoas que apresentam incompatibilidade financeira, o que é indicativo do crime de lavagem de dinheiro. Na denúncia, o MPF afirma que nenhum saque foi justificado, “sequer há comprovação documental de que o dinheiro foi efetivamente utilizado para pagamento de fornecedores”.

Na estrutura de atuação da quadrilha, Iolanda Leal e Wilna Jardim são acusadas de serem as responsáveis por confeccionar a documentação de suporte para esses saques e receber parte da quantia sacada – ambas possuíam poderes para assinar cheques em conjunto com a prefeita. Já Amarildo Hipólito e Fernando Jardim eram responsáveis pela realização sistemática de saques. Os valores sacados eram destinados ao pagamento de contratações realizadas com recursos do Fundeb.

Para isso, as construtoras do casal Francenilde Mendes Jardim, proprietária da empresa FM Jardim, e Fernando Sérgio Rodrigues Jardim, responsável pela FRS Jardim, foram contratadas 23 vezes, em 2011, pela prefeitura de Vitória do Mearim durante a gestão de Dóris Pearce para a reforma de escolas e pavimentação de ruas. As licitações, feitas com recursos do Fundeb, eram fraudadas pelo presidente da Comissão Permanente de Licitação do município para garantir a contratação da empresa de Fernando Jardim – parente da tesoureira da prefeitura e da secretária de Saúde do município.

A denúncia destaca que uma das tantas evidências de montagem dos processos licitatórios para proporcionar a indevida utilização dos recursos públicos é o fato de a escola Raimundo Bógea ter sido objeto de reforma por duas vezes no mesmo período, além de vários contratos terem sido assinados na mesma data.

Para o MPF, as empresas eram de fachada de se destinavam apenas para formalizar os processos licitatórios conduzidos pela prefeitura, pois não possuía empregados ou endereço fixo, e apenas contratava pessoal e equipamento quando ganhava as licitações. Segundo Raquel Branquinho, isso reforça as evidências de fraude pelo direcionamento e desvio de parte dos recursos públicos.

O MPF requer a decretação de perda do cargo para a prefeita e sua inabilitação para exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação. Também pede a indenização dos valores de R$ 4,5 milhões e R$ 2 milhões, referentes aos saques e às fraudes licitatórias, respectivamente. A denúncia aguarda recebimento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

São Benedito do Rio Preto, mostra que Débora Mesquita é o nome da mudança

creuu-2

A cidade de São Benedito do Rio Preto, mostrou durante os últimos 40 dias de campanha, que a Candidata Débora Mesquita, (PPS) e seu vice – Alfredo Júnior visitou centenas de comunidades, bairros, e o sentimento da população é um só: mudança.

A prova do grande apoio popular aconteceu ontem (28) no município, quando a sociedade se mobilizou e lotou a cidade, estiveram presentes, o ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal Gastão Dias Vieira, candidatos a vereadores, lideranças e milhares de eleitores.

cleouu-1

creuu-3

Miltinho Aragão faz comício consagrador e arrasta Multidão pelas Ruas da cidade

comicio-3

Aconteceu na noite desta quarta-feira (28), em São Mateus do Maranhão, na Praça do Zé Machado, Milhares de pessoas, em sua maioria vestidas de amarelo, saíram dos seus lares para participarem do último comício do candidato a prefeito a reeleição Miltinho Aragão (PSB) e do candidato a vice-prefeito Ivo Rezende. Uma grande multidão compareceu e acompanhou de perto, entre eles os candidatos a vereadores.

comicio-2

cooooo

Roda de Conversa.

O evento contou com Dezenas de empresários de São Mateus, que foram recebidos com carinho durante a Conversa com o Prefeito Miltinho. Apresentou Proposta, para um novo projeto no próximo Mandato que tem como objetivo coletar sugestões, de empresários.

Fiz uma prestação de contas do que fizemos nos últimos três anos e oito meses à frente da Prefeitura. Foi um momento histórico…. Agradeço humildemente e o apoio recebido. Afirmou Miltinho.

empre-sario

Caminhada da Vitória.

A coligação “consolidar e Avançar” Hoje dia (29) acontece o encerramento da campanha, com uma grande passeata da vitória, com a concentração na Praça do Tancredo, a partir das 16h00, saindo com destino a Praça Raimundo Gildo encerramento da campanha vitoriosa (40).

caminda-4000

Candidato a vereador Miguel Pinheiro valoriza o deficiente auditivo em seus programas de TV

miguel-iiii

Miguel Pinheiro sempre esteve à frente da luta pelo fortalecimento das políticas públicas de inclusão social, e foi o único candidato a vereador nessas eleições de 2016, a se preocupar com os deficientes auditivos em sua campanha eleitoral.

Em suas 05 inserções de TV, Miguel Pinheiro contou com uma intérprete de libras, destacando os seus projetos sobre a terceira idade, esporte e juventude.

Para Camila Martins, 28 anos, deficiente auditiva, moradora do bairro da Cidade Operária, “ foi uma surpresa para mim, pois sempre somos esquecidos, e achei muito válido a lembrança”, afirma.

             Miguel Pinheiro diz que vai continuar na Câmara, a sua luta pelos direitos de todos os portadores de deficiência. “Temos o dever de criar projetos de inclusão para eles, são parte integrante de nossa sociedade e necessitam de ações emergenciais do poder público”.

Miguel Pinheiro concorre pela primeira vez a uma vaga na Câmara de Vereadores de São Luís, com o número 13.123, pela coligação “ O trabalho continua “ (PT/PTC). Começou sua militância política ainda no movimento estudantil. Foi diretor da União Nacional de Estudantes (UNE), militante da Juventude Socialista do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Superintendente de Relações com a Comunidade do Município, Coordenador Municipal da Juventude, Presidente da Fundação Municipal de Desporto e Lazer (FUNDEL), Secretário Municipal de Desporto e Lazer e Assessor especial da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, do atual governo do Estado.

PF investiga esquema de venda de decisões judiciais

COMPRA DE SENTENÇA

COMPRA DE SENTENÇA…

A Polícia Federal deflagrou hoje (28/9) a 2ª fase da Operação Expresso 150, para dar continuidade às investigações de um esquema criminoso de venda de decisões judiciais do Tribunal de Justiça do Ceará.

Participam da operação 110 policiais federais. Eles dão cumprimento a 19 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de condução coercitiva, expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça – STJ.

Foram alvos desta fase 14 advogados, dois desembargadores da ativa e um desembargador aposentado. As buscas estão ocorrendo nas residências dos investigados, escritórios de advocacia e em dois gabinetes de desembargadores do Tribunal de Justiça do Ceará.

Além dos mandados de busca e apreensão e condução, houve a determinação de bloqueio das contas de um desembargador aposentado e um advogado envolvido nos crimes investigados. Para isso, foi considerado o montante do valor transacionado indevidamente em torno de decisões atípicas, que beneficiaram mais de 300 pessoas. Elas foram incluídas nos quadros da Administração Pública, no cargo de soldado da PM do Estado do Ceará, entre 2011 e 2012, sem que fossem devidamente aprovadas no concurso público.

Investigações indicaram a existência do funcionamento de conluio entre advogados e desembargadores, visando a liberações de criminosos, por meio da concessão de liminares em habeas corpus impetrados principalmente durante os plantões judiciais.

Os núcleos criminosos foram revelados por meio da análise dos materiais apreendidos na 1ª fase da operação, deflagrada em junho/2015. Nela foram detectadas evidências sobre as negociatas das decisões.

Os crimes investigados são: associação criminosa, corrupção passiva, tráfico de influência, corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Todos os investigados deverão prestar depoimento na PF no Ceará e liberados, em seguida.

Ascom/ Polícia Federal do Ceará

Eleição 2016: Força federal reforça segurança em São Mateus do Maranhão

ministro-tse

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral autorizaram na noite desta terça-feira, 27 de setembro, envio de forças federais para 44 municípios maranhenses. São eles: Amarante do Maranhão, Araióses, Água Doce do Maranhão, Arame, Bacuri, Barra do Corda, Fernando Falcão, Benedito Leite, Bequimão, Bom Lugar, Buriti, Buriticupu, Bom Jesus das Selvas, Cajari, Carolina, Codó, Coelho Neto, Coroatá, Cururupu, Guimarães, Lago da Pedra, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Mirador, Sucupira do Norte, Passagem Franca, Buriti Bravo, Penalva, Pinheiro, Pedro do Rosário, Presidente Sarney, Santa Helena, Turilândia, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Rita, São José de Ribamar, São Luís, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba, São Vicente Férrer, Tuntum, Tutóia e São Mateus.

No pedido de força federal para estes 44 municípios, o TRE-MA argumentou ser de “conhecimento geral que o processo eleitoral no país inteiro tem acarretado, com significativo aumento nos últimos pleitos, disputas acirradas entre grupos políticos locais que não raro desencadeiam episódios de violência ora contra eleitores, ora contra esta Justiça especializada, seu patrimônio, juízes e servidores.

O Estado do Maranhão não foge à regra, de modo que tanto nas eleições gerais de 2010 e 2014, quanto nas eleições municipais de 2008 e 2012, foram verificadas ocorrências de tumultos e manifestações de desordem que tinham por único objetivo prejudicar o bom andamento dos trabalhos e gerar um ambiente de insegurança institucional.

Ressalte-se, ainda, que o processo eleitoral municipal, por envolver forças políticas locais, cuja proximidade com o cidadão se dá por via direta, no âmbito cotidiano, torna a disputa pelos cargos eletivos mais contundente, fato que deve ser controlado pela Justiça Eleitoral. Ademais, cabe destacar que a quantidade de municípios para os quais foram solicitados o envio de Força Federal de Segurança denota a grande preocupação dos juízes eleitorais com a boa execução das eleições de outubro próximo, notadamente no que diz respeito à garantia da paz social e ao livre exercício do voto”.