Blog do Gilson Vieira -

Câmara aprova reajuste salarial dos servidores da prefeitura de São Luís‏

Em sessão extraordinária realizada na tarde desta quarta-feira (15), a Câmara Municipal de São Luís aprovou três mensagens estabelecendo reajuste salarial dos servidores da Prefeitura, da ordem de 8%, retroativo ao mês de fevereiro, para ser incorporado ao vencimento do mês de abril. O professores obtiveram um ganho adicional de 5,1%, totalizando um reajuste de 13,1% para a categoria, por conta  de acordo firmado entre o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e o sindicado da classe.

Com esse aumento, o piso do professor com carga horária de 40 horas semanais passa para R$ 2.544, superando o piso nacional, que está em torno de R$ 1.900.  Único a se posicionar contra o reajuste,  e da outra mensagem  também beneficiou os 21 funcionários da Companhia de Limpeza e Serviços Urbanos (Coliseu), que se encontra em estado  de liquidação, o vereador Fábio Câmara (PMDB), seu ausentou do plenário.

As matérias foram aprovadas por unanimidade e o presidente da Câmara, Astro de Ogum (PMN), destacou que colocou as mensagens em pauta por conta própria, sem que tenha havido solicitação por parte do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

-Não houve qualquer interferência para a convocação desta  sessão extra. O que nos motivou foi o fato de que, se  o aumento não fosse votado hoje,  os funcionários municipais ficariam prejudicados, uma vez que não teriam o benefício no pagamento do mês de abril-, acentuou.

Para que o reajuste fosse votado nesta quarta-feira, o líder do governo, vereador Osmar Filho (PSB) apresentou pedido de urgência urgentíssima, com dispensa de pareceres e interstício. A solicitação foi aprovada por unanimidade.

A vereadora Rose Sales (PC do B), por seu turno, discordou do reajuste de apenas 8% concedido aos servidores fora da classe do Magistério. Ele reivindicava um percentual na base de 10%, destacando que esse teria sido um acordo feito entre o sindicato da categoria e o secretário de Governo do Município, Lula Filho.

O líder do governo,  Osmar Filho PSB),  e o vereador Honorato Fernandes (PT), destacaram que haverá uma reunião nesta sexta-feira, com representantes dos servidores e o secretário de Governo, quando este mostrará a impossibilidade da concessão se um reajuste em percentual superior a 8%, por conta da falta de recursos e o risco da Prefeitura incorrer em desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Os vereadores Marquinhos (PRB), Nato  (PRP) e Chaguinhas (PSB) elogiaram a iniciativa do presidente Astro de Ogum em se antecipar e colocar em votação o reajuste dos servidores, proporcionando aos mesmos a possibilidade de receberem os salários acrescidos do benefício ainda no mês de abril.

 GRATIFICAÇÃO

Ainda na tarde desta quarta-feira, chegou à Câmara, mensagem encaminhada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, concedendo gratificação da ordem de 20% para os agentes de trânsito da capital.

ASCOM

Boicote; Secretário de Articulação política desarticula encontro de 43 suplentes de vereadores de São luís

bi bi

O secretário de articulação política, desarticula encontro entre 43 Suplentes de vereadores com o prefeito Edivaldo Holanda, Esses Suplentes São aqueles que Fizeram parti do Grupo Renova 31 nas eleições.

Edivaldo Holanda foi eleito prefeito de São Luís em 2013. Ele venceu o ex-prefeito João Castelo (PSDB) no segundo turno da eleição municipal, Holanda ratificou o resultado do 1º turno, quando também venceu com 36,44% dos votos válidos.

PEDE PRA SAIR…

ediv

O Hospital Odorico Amaral de Matos (Hospital da Criança), situado no bairro Alemanha, em São Luís, ficou alagado após as chuvas que atingiram a capital na tarde desta quarta-feira (15). O vídeo mostra profissionais da saúde e pais dos pacientes transitando pelas poças d’água, tentando transferir as crianças que estavam internadas na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), uma das alas atingida pelo alagamento. Nas imagens que circulam pelas redes sociais, internautas usam trechos de uma música da dupla João Neto & Frederico para pedir o afastamento do prefeito Edivaldo de Holanda Júnior: “não dá conta do recado, pede pra sair”.

Chuva alaga rua do bairro do Monte Castelo em São Luís

rua_alagada

A chuva que atingiu a capital maranhense na tarde desta quarta-feira (15) acabou deixando alguns trechos da cidade completamente alagados. Pelo menos foi o caso da Rua Raimundo Correia, no bairro do Monte Castelo, onde muitos motoristas e pedestres sofreram com os transtornos pelo o excesso de água. Os veículos que estavam na região ficaram submersos e as casas foram invadidas pela enxurrada.

No local, tanto os estabelecimentos comerciais quanto as residências sofreram com a ação do temporal. Mas não foi somente no bairro do Monte Castelo que a chuva acabou transbordando na região. Também houve alagamento na Rua do Marajá, no Centro da cidade, nas proximidades da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

De acordo com a meteorologia, a previsão é que ocorram novas pancadas de chuva durante esta quinta-feira (16) em São Luís.

Do G1 MA

Flávio Dino defende investimentos sociais em reunião de governadores do Nordeste

flavio-dino

Junto à Bancada de Parlamentares do Nordeste que atuam no Congresso Nacional e os oito governadores da região, o governador Flávio Dino defendeu prioridades para o desenvolvimento do Nordeste. A manutenção da capacidade de crédito dos Estados e a taxação de grandes fortunas para financiamento exclusivo da Saúde Pública foram os pontos defendidos pelo governador do Maranhão.

Para o enfrentamento das dificuldades econômicas nacionais transitórias e para que o Nordeste seja um dos vetores capazes de fazer o Brasil voltar a crescer, as lideranças políticas dos Estados nordestinos se reuniram em Brasília e afinaram as pautas comuns para fortalecer a região no cenário nacional. Em diálogo permanente com os governadores do Nordeste, Flávio Dino fez a defesa da continuidade de abertura de crédito para Estados.

O disciplinamento do imposto sobre grandes fortunas, em valores superiores a R$ 4 milhões, também foi tema levantado pelo governador. “É inadmissível que a conta da crise econômica recaia sobre os mais pobres apenas. Nós governadores do Nordeste já tomamos posição quanto ao tema, que é imprescindível para a Saúde Pública na nossa região”, disse aos representantes do Nordeste na Câmara e no Senado. Segundo ele, este é um passo importante para a justiça fiscal no Brasil.

Para o governador Flávio Dino, é urgente resolver o problema do subfinanciamento da Saúde no Brasil, que faz com que muitas unidades não tenham condições de funcionar. “Desde o governo passado que hospitais do Maranhão deixam de funcionar. Com a regulação deste imposto que aguarda 27 longos anos, vamos poder arrecadar cerca de R$ 17 bilhões em alíquotas moderadas e destinar para a Saúde”, defendeu.

Esta é a terceira reunião dos chefes de Poder Executivo dos nove estados do Nordeste para integrar as forças políticas em torno de pautas comuns às unidades federativas da região.

Após fazer a defesa das pautas legislativas e políticas junto aos parlamentares, os governadores foram recebidos pelos presidentes da Câmara dos Deputados (Eduardo Cunha) e do Senado Federal (Renan Calheiros), para os quais levaram as demandas prioritárias da região.

Em São Mateus: Prefeitura adquire mais dois veículos para o município

carr1carr2

A Prefeitura de São Mateus adquiriu mais, dois veículos para o Munícipio, sendo um para o setor da Segurança (Guarda Civil) e o outro é para agricultura. Os veículos chegam para reforçar a frota, garantindo mais agilidade nos serviços prestados.

Tem Mais…

flavioagriculturafamiliar

Neste Sábado dia (18) o governador Flavio Dino (PCdoB) vai está em São Mateus do Maranhão irá anunciar investimentos para a retomada do Projeto de Irrigação Salangô. Construído a mais de duas décadas, o sistema instalado nunca chegou a operar, mesmo abandonado, este ano os agricultores comemoram a maior safra já colhida nas 5 mil hectares de terra do projeto, segundo a secretaria de Agricultura e Pesca do município, a previsão de colheita é de 25 mil toneladas de arroz.

Flávio Dino chegará à cidade pela manhã na companhia do Ministro Chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da presidência da República, Roberto Mangabeira e serão recepcionados pelo Prefeito Miltinho Aragão (PSB),

Povoados de cedral São esquecidos pelo o Prefeito Fernando Cuba (PMDB)

Prefeito Fernando Gabriel Cuba (PMDB

Prefeito Fernando Gabriel Cuba (PMDB

Enquanto a população de Cedral, sofre com escolas de péssimas condições e sem a mínima estrutura o prefeito se preocupa é com o seu Bem-estar, os moradores dos povoados estão esquecidos pelo Prefeito Fernando Gabriel Cuba (PMDB),

O prefeito é visto Frequente em São Luís, “Fazendo o que eu não sei, O titular desse Blog esteve mais uma vez no povoado “PARATI” como de costume passar feriados, com sua esposa que é filha da cidade de Cedral,

Nas entradas dos Povoados para quem vem a noite tem dificuldade para achar porquê não tem placas indicando os povoados.

Nesse período de chuva, o trecho da estrada de parati deixa vários transtornos para os moradores da região. Lama e buracos dificultam o acesso.

Pelo visto esse prefeito Cuba, não está nem aí, para os Problemas do Município, ele que tá é passeando em são luís…

 O Blog tem fotos de alguns povoados “aguarde mais informações” de Cedral do maranhão…

Após cinco dias, reféns de índios Guajajaras são liberadas no MA

Liberação aconteceu na tarde desta terça-feira (14), em Bom Jardim.
‘O pesadelo acabou’, diz marido de engenharia ambiental que estava refém.

Do G1 MA

Após cinco dias mantidas como reféns por indígenas da etnia Guajajaras na aldeia Maçaranduba, em Bom Jardim, no Maranhão, as quatro funcionárias do Distrito Sanitário Especial de Saúde Indígena (Dsei) foram liberadas, no fim da tarde desta terça-feira (14), segundo a Polícia Federal (PF).

As reféns liberadas são a psicóloga Ivone Ferreira, a engenheira ambiental Leeds Vilar e outras duas mulheres não identificadas até o momento, que seriam enfermeira e técnica de enfermagem.

Segundo a PF, foi instaurado inquérito policial para identificar os responsáveis, que responderão por eventual crime de seqüestro (art. 148 do Código Penal), conforme for apurado nas investigações. “Após diversas tratativas, no final da tarde de hoje, foi obtido êxito na negociação com os índios, que resultou na soltura das quatro reféns”, diz nota da PF enviada à imprensa.

O marido da engenheira ambiental Jefferson Aleixo confirmou ao G1 que falou com a esposa ao telefone por volta de 17h30 e disse que está aliviado após viver cinco dias de tensão. Ela me ligou logo depois de ter sido liberada. Nos falamos bem rápido e ela disse que estava bem. Graças a Deus que o pesadelo acabou. Foram cinco dias de muita agonia”, disse.

Entenda
Dois homens já haviam sido liberadas nessa segunda-feira (13), após negociações com a PF. Eles faziam parte do quadro de funcionários de uma empresa que estava realizando obras dentro da aldeia.

Os seis foram feitos reféns no último fim de semana, depois que foram impedidos de sair da aldeia após a promoção de palestras sobre educação e saúde indígenas. Os índios exigiam a presença do coordenador da Dsei Alexandre para pedir garantias de melhores condições sanitárias e educacionais.

O coordenador acompanhava as negociações junto com duas equipees de policiais federais enviadas ao local no domingo (12).

Governo do estado diz em nota que acusações contra Rosângela Curado não são verdadeiras

Rosangela Curado

Rosângela Curado

O Governo do Estado divulgou Nota, que afirma que as acusações publicadas em Blog da capital direcionadas a Subsecretária de Saúde Rosângela Curado,  “não são verdadeiras” Veja a Nota na íntegra.

 GOVERNO DO MARANHÃO

 SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

Fonte: SES                                                                      

                                                           NOTA 

Sobre suposta denúncia de eventual cobrança de valores para pagamento de fornecedores em atraso, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), esclarece que:

1-     1- São absolutamente inverídicas as acusações atribuídas à secretária adjunta Rosângela Curado;

2-  2- Todos os débitos oriundos da gestão passada estão sendo repactuados e pagos, conforme orientação legal baseada em auditoria realizada pela Secretaria de Transparência e Controle (STC);

3- 3- Todos os servidores públicos da SES são conhecedores dos princípios da administração pública e prezam pela legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência das ações;

4-  4- A SES lamenta que factóides sejam criados na tentativa de desviar o foco das ações moralizadoras adotadas pela atual gestão para reestruturar o sistema de saúde pública do Estado.

São Luís, 9 de abril de 2015.

Secretaria de Estado da Saúde

Resgate de presos em Pedrinhas expõe falta de fiscalização em postos da PRF-MA

Além da falta de comando nas secretarias de Estado de Segurança Pública (SSP) e de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), o resgate cinematográfico de quatro presos do Centro de Detenção Provisória (CPD) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, ocorrido na madrugada do último domingo (5), expôs também a falta de fiscalização em pelo menos três postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Maranhão.

Posto da PRF de Pedrinhas; cemitério de motos e veículos velhos e amassados
DAPRESSSEM SERVENTIAPosto da PRF de Pedrinhas; cemitério de motos e veículos velhos e amassados

Por conivência ou incompetência, a PRF-MA permitiu que os oito bandidos que trafegavam em comboio e armados de pistolas e de fuzis AK 47 e 556 – os mesmos utilizados por terrorista da Al-Qaeda e soldados americanos -, passassem livremente pelos postos de Vargem Grande, que fica entre Chapadinha e o município; do São Francisco, que fica depois do entrocamento; e o de Pedrinhas, que fica a menos de 1 km do complexo penitenciário.

Em nenhum dos três postos, equipados inclusive com câmeras de segurança que, pela posição, alcançam até 3 km de distância, e com desvios que obrigam o motorista a passar a poucos metros da cabine, os bandidos foram abordados pela PRF no total de 246,2 km percorridos de Chapadinha – quando tomaram de assalto uma das pickups utilizadas no resgate – até São Luís.

No caso específico do posto de Pedrinhas, a inércia dos seis policiais rodoviários federais que estavam de plantão torna a falta de ação da PRF-MA ainda pior.

Mesmo tendo ouvido a troca de tiros entre os bandidos e homens do Batalhão de Choque da PM-MA, e observado a fuga em direção ao posto, além do poder de fogo para fechar o cerco, os agentes da PRF tinham poder de parar os três veículos utilizados no resgate dos presos por meio de cones de concreto ou mesmo os famosos jacarés, utilizados para estourar os pneus dos carros. Mas estranhamente nada foi feito.

F/Atual7