Blog do Gilson Vieira -

“O futi”, Dutra e esposa brincam de “liquidar blogueiro mentiroso”

dutraA foto acima foi publicada no perfil da esposa de Domingos Dutra (SDD), Núbia Dutra, no Facebook.

“Eu e dutra brincando que vamos liquidar Blogeiro mentiroso. ….arma de brinquedo ruaquaqua (sic)”, escreveu na legenda.

Curiosamente, a postagem foi feita depois de blogs informarem que Domingos “Futi” Dutra se filiará ao PDT para disputar a Prefeitura de Paço do Lumiar, em 2016.

F/Gilberto Léda

Vice-líder do governo municipal, Ivaldo Rodrigues (PDT) recende Lideranças comunitária em sua Humilde Residência na Vila Luizão

ivaldo roivaldo rodr

Vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) recebeu em sua humilde residência na Vila Luizão na manhã deste Sábado (28) Para um Café da manhã com lideranças comunitária. Depois Ivaldo e as lideranças visitaram o bairro Habitacional Turu, Ande está previsto a construção da Praça da Avenida Acre. Com Uma área de lazer que vai beneficiar milhares de pessoas da região. Ivaldo manda um recado, Outras obras serão feitas ainda este ano na área do Turu, através da prefeitura de São Luís em parceria com o governo do Maranhão.

Parceria firmada entre, Flávio Dino (PCdoB) e Talita Laci (PCdoB) beneficia a população da Raposa

20150227_195102

A Primeira reunião da prefeita do muincípio de Raposa Talita Laci (PCdoB) Com o Governador do Estado Flávio Dino(PCdoB) nesta sexta-feira (27),  Na audiência com Flávio Dino no Palácio dos Leões, a prefeita pediu apoio nas áreas de saúde, educação e Infraestrutura.

Flávio Dino Vai manter a parceria com a cidade de raposa para o desenvolvimento e apresenta diversos benefícios importantes para a cidade.

Governo do Estado e Prefeitura de São Mateus, quer a revitalização do Projeto Salangô

miltinho foto 1

O vice-governador Carlos Brandão recebeu nesta quarta-feira (25) No “Palácio Henrique de La Rocque” O prefeito da cidade de São Mateus, e uma comitiva. Para tratar da situação e da execução do Projeto e elaborar um diagnóstico para a solução dos problemas e continuidade do Salangô.

A revitalização do Salangô é um dos objetivos que o prefeito Miltinho Aragão tem perseguido desde que assumiu a prefeitura de São Mateus. “É o nosso sonho ver o Salangô ser um projeto cem por cento produtivo. Já realizamos seminários, agendamos várias reuniões com órgãos do Estado e do Governo Federal, desde que assumi não deixei que se fechasse o canal das reivindicações em favor do Projeto Salangô”, disse Miltinho Aragão.

A reunião foi presidida pelo vice-governador Carlos Brandão, com a presença do prefeito Miltinho Aragão, do secretário de Meio Ambiente Marcelo Coelho e representantes da Codevasf, das secretarias de Agricultura e de Agricultura Familiar. Representantes das associações de agricultores de São Mateus também participaram da reunião e decidiram pela constituição de um grupo de trabalho que vai apresentar as diretrizes possíveis para a retomada imediata da produção no Projeto Salangô. foto 3 miltinho

O vice-governador Carlos Brandão destacou a preocupação do Governo com o Projeto e a possibilidade da retomada imediata dos trabalhos: “Eu particularmente acompanho esse Projeto e sei da importância do Salangô para os pequenos produtores da região e a importância do resultado produtivo para o Maranhão. O Governador Flávio Dino está muito sensível quanto a essa questão e nos incumbiu de avaliar qual a melhor maneira de retomarmos os trabalhos do Projeto Salangô, de forma a incrementarmos a produção de arroz no nosso Estado”.

Para o prefeito Miltinho Aragão o momento é de otimismo: “Eu saio dessa reunião muito otimista. O Governo do Estado agora é sensível à causa dos pequenos produtores e preocupado com o abastecimento no Maranhão. São Mateus e o Projeto Salangô tem muito a contribuir para o crescimento do Maranhão, só precisamos de apoio e não tenho dúvida de que esse apoio será irrestrito na gestão do governador Flávio Dino”.

F/ louremar

Prefeita Talita Laci esclarece problema do acúmulo de lixo deixado pela gestão anterior


Lixo acumulado na Praça Central de Raposa

A Prefeita de Raposa Talita Laci(PCdoB) usou as redes sociais nesta sexta-feira 27/02, para informar à sociedade os motivos da falta de coleta de lixo nos bairros raposenses.

A prefeita explicou que o ex-prefeito cassado por compra de votos, mandou suspender os serviços assim que foi cassado no Tribunal Regional Eleitoral(TRE).

As caçambas que faziam a coleta pertenciam ao cunhado, irmão e aliados do ex-gestor que deixaram de fazer o serviço com a finalidade de prejudicar a população e causar clima de desordem na atual gestão.

“Os desafios já começaram. Não bastasse encontrar uma cidade afundada em crise financeira, salários dos servidores públicos e dos médicos atrasados, fornecedores sem pagamento e tantos outros males presentes na gestão do ex-prefeito cassado pela justiça eleitoral por compra de votos, ainda temos que conviver com o presente de grego de quem devastou nossa querida Raposa. A coleta de lixo está atrasada há semanas em todos os bairros do Município.”Disse a Prefeita.

Sem título

Talita explicou que a coleta de lixo deve ser regularizada com a maior brevidade possível, através de medidas emergenciais, uma vez que não está podendo realizar processo licitatório no momento.“Depois que teve o mandato cassado, o ex-prefeito suspendeu a coleta e mandou recolher os veículos que faziam o serviço. A consequência é o acúmulo de lixo pelas avenidas e ruas de Raposa. Estamos há 48h no governo municipal, nesse momento, impossibilitado de realizar licitação, contudo já tomando medidas emergenciais para regularizar a coleta de lixo com a maior brevidade possível.” Afirmou a Prefeita de Raposa.

Luis Fernando reuniu a imprensa para informar sobre ação da promotoria de Ribamar

Luis Fernando 1O ex-prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, reuniu a imprensa na tarde desta quinta-feira, dia 26, para informar à população sobre a Ação de Improbidade Administrativa ajuizada contra ele e ex-auxiliares pela promotora de Justiça, Elisabeth Mendonça, da Comarca de São José de Ribamar.

Luis Fernando revelou que a Ação se baseia numa Representação do seu tradicional adversário político, o ex-prefeito Júlio Matos.

“Desde 2004, Julinho, inconformado com suas derrotas e com a péssima avaliação da sua desastrosa administração na prefeitura de Ribamar, já ingressou com mais de seis ações judiciais contra mim, mas em todas elas foi derrotado”, disse.

Segundo Luis Fernando, desta vez, Julinho se valeu de um relatório técnico do Tribunal de Contas do Estado (TCE), emitido em 2011 no qual, como de praxe, o TCE concede prazo para apresentação de justificativas dos gestores auditados.

“Ocorre que ele (Julinho) esqueceu, ou propositalmente, deixou de levar em conta as respostas e justificativas já apresentadas por mim e pelo meu ex-secretário de obras ao Tribunal, que ainda nem concluiu o julgamento. Ora, se ele teve acesso ao relatório, não sei em quais circunstancias, deve ter tido também acesso às justificativas apresentadas mas não as incluiu na Representação justamente para criar o fato político. A preocupação do adversário já deve ser por conta do anúncio da minha pré-candidatura à prefeitura de São José de Ribamar em 2016”, arrematou.

Durante a entrevista, o ex-prefeito Luis Fernando, com serenidade e segurança de argumentos, discorreu sobre todos os pontos levantados pela promotora e comprovou, com vasta documentação, a total improcedência da Ação.

Luis Fernando fez questão de valorizar e enaltecer o papel do Ministério Público, mas lamentou o fato de não ter tido a oportunidade de comprovar perante a promotoria que todos os questionamentos que fundamentam a Ação já se encontram, há bastante tempo, devidamente justificados ao TCE. À imprensa, o ex-prefeito exibiu, ainda, certidão do TCE atestando que todas as suas Contas de Governo (2005 a 2010) já foram aprovadas pelo Tribunal.

Luis Fernando afirmou que, independentemente do direito de se defender no processo, faz questão de recorrer à imprensa para que o cidadão maranhense e, em especial, os ribamarenses, tomem conhecimento de toda a verdade sobre o assunto.

As obras questionadas na Representação (pavimentação de ruas na Vila Sarney Filho I e acesso à Praia do Meio) foram iniciadas na administração de Luis Fernando, em 2010, e somente concluídas na administração do atual prefeito, Gil Cutrim, a quem coube apresentar a prestação de contas.

Dos R$ 5 milhões do convênio, foram pagos na administração de Luis Fernando, aproximadamente R$ 1,9 milhões. Vasta documentação e relatório fotográfico comprovam a execução das obras, o que torna inexplicável o pedido da promotora de bloqueio de bens em valor superior a R$ 5,7 milhões, o que, sem dúvida, além de exorbitante e desnecessário, por terem sido as obras executadas e concluídas, trata-se de um mecanismo processual somente usado em situações de execução de sentença, segundo advogados presentes na reunião.

Por fim, Luis Fernando reafirmou sua convicção de que a Justiça mais uma vez será feita e o processo não servirá de instrumento político-eleitoreiro para o seu adversário.

Prefeito Edivaldo anuncia obra de drenagem e pavimentação na Vila Janaína

Edivaldo Jr1Prefeito anunciou serviços de drenagem profunda e requalificação de pavimento para 121 vias da regiãoO Prefeito Edivaldo anunciou na noite desta terça-feira (24) o investimento na ordem de R$ 22,8 milhões para serviços de recapeamento, revitalização de vias e drenagem profunda para o bairro Vila Janaína, na região da Cidade Operária. O programa contemplará também os bairros Jardim América, Santa Clara, Vila Vitória e Vila Ryod e outras comunidades no entorno. O evento, realizado na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Santa Clara, contou com a presença maciça de vereadores e de toda a classe política, assim como da comunidade local, que lotou a quadra da U.E.B.

“Essa é uma grande obra para toda região da Cidade Operária e que vai beneficiar vários bairros, muitas ruas serão recuperadas. Estamos tendo o privilégio de atender um pedido antigo dos moradores desta área e proporcionar a eles mais qualidade de vida e conforto”, frisou o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado do secretariado municipal.
A ação compõe o Programa de Pavimentação e Revitalização de Vias Urbanas da Vila Janaína e será executada pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). O pacote de medidas contempla 121 ruas do bairro, perfazendo uma extensão de 37 mil metros, com obras de pavimentação e requalificação asfáltica, calçamento, serviços de drenagem profunda e superficial e sinalização horizontal e vertical das pistas.
A obra compreende a execução do recapeamento com concreto asfáltico usinado a quente (Cauq) de aproximadamente 20 mil metros de ruas e avenidas, além da execução de calçamento com peças pré-moldadas, abrangendo mais de 17 mil metros de vias. Simultaneamente serão implantados nos bairros contemplados mais de 6.600 metros rede de drenagem profunda para escoamento de águas pluviais, com galerias tubulares interligadas por bocas de lobos e poços de visitas. Além disso, a Prefeitura vai construir uma rede de drenagem superficial com meio fio e sarjetas.
De acordo com o titular da Semosp, Antônio Araújo, a obra vai tirar o bairro da situação de calamidade, ocasionada pela ausência de drenagem, o que durante anos submeteu a população a transtornos devido aos alagamentos constantes no período chuvoso. A obra terá impacto ainda na melhoria da mobilidade urbana em toda a região.
Para Louro José, coordenador do movimento popular e comunitário da Cidade Operária e bairros adjacentes, o anúncio do projeto é a realização de um antigo sonho. “Esse era um sonho de 27 anos. A comunidade lutava para receber essa pavimentação. Graças a Prefeitura de São Luís e ao prefeito Edivaldo este sonho está se realizando. Esse momento que nossa comunidade vive demonstra a preocupação do prefeito em cuidar da população da cidade de São Luis. O prefeito está de parabéns”, disse.
Evento foi prestigiado pela classe política e pela comunidade local”Este é mais um passo da gestão do prefeito para a melhoria da infraestrutura da cidade. Um trabalho que é importante, pois não está combatendo a falta de estrutura somente nas grandes avenidas, mas dentro dos bairros que estão carentes” opinou o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB). “A ocasião é a materialização de um sonho e o prefeito Edivaldo está de parabéns por atender mais essas demanda da população”, completou o vereador Dr. Gutemberg (PSDB).
INVESTIMENTO
Os investimentos para execução do programa são da ordem de 22,8 milhões, obtidos pela Prefeitura de São Luís por meio de financiamento com a Caixa Econômica Federal. Os serviços vão ser iniciados nesta quarta-feira (25), no Jardim América. Estão inclusas no pacote do programa as Avenidas Cajazeiras (902 metros) e Santa Clara (1596 metros); Rua da Secretaria, Rua Augusto Paiva, Rua da Alegria, Rua da Borboleta, Rua da Limeira, Rua das flores, entre dezenas de outros logradouros.

Flávio Dino discute ampliação dos serviços de internet para todo o estado

Foto2_FranciscoCampos_Conselho_empresarial (2)O governador Flávio Dino presidiu, nesta quinta-feira (26), a segunda reunião do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema), no Palácio dos Leões, onde foram discutidos temas relacionados à categoria. Dentre os assuntos abordados está a ampliação dos serviços de internet para todo o estado, adoção de um documento unificado de tributação, programa de compras governamentais e o licenciamento ambiental.

“Este é o momento de começar a solucionar um quadro desafiador que temos no Maranhão. É hora de colocar as nossas riquezas e a nossa produção para atingir cada vez mais pessoas e a classe empresarial como um todo”, afirmou o governador Flávio Dino, ao destacar o espaço deliberativo estabelecido com os empresários através do Cema.

 Dentre as ações debatidas na reunião desta quinta-feira está a expansão do serviço de internet, que está sendo coordenada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan). A ampliação do serviço será trabalhada, para a rede digital da capital maranhense, a partir da fibra ótica da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), o que vai assegurar o acesso da internet a todos, principalmente aos empresários.

 “É importante esta iniciativa tanto para os empresários como para quem frequenta os ambientes comerciais. Ter acesso a internet em todo Maranhão gera oportunidades econômicas e fluxo de informação”, destacou a titular da Seplan, Cyntia Mota Lima. Ela esclareceu que para a expansão do serviço ao interior, até Porto Franco, serão utilizadas as fibras da Eletronorte.

 Outra ação importante que está sendo desenvolvida pelo Cema, é a unificação dos tributos em um único documento. “Todo dia 20 o empresário poderá pagar impostos como ISS, PIS, ICMS e Imposto de Renda por meio de um único documento, facilitando a vida tributária do empreendedor”, esclareceu o secretário da Fazenda, Marcellus Ribeiro.

 Também participaram da reunião desta quinta-feira, os demais integrantes do conselho, como o secretário de Indústria e Comércio e coordenador do Cema, Simplício Araújo; o secretário da Fazenda, Marcellus Ribeiro; a presidente da Associação Comercial do Maranhão, Luzia Rezende; a presidente da Câmara de Federação de Lojista (CDL), Socorro Noronha; a secretária de Planejamento e Orçamento, Cyntia Mota Lima; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas

(Sebrae), Edilson Baldez; o superintendente do Sebrae, João Martins; e o presidente da Fecomércio, José Arteiro.

Foto1_FranciscoCampos_Conselho_empresarial (1)Gestão participativa

 Todo mês a equipe do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema) se reunirá para definir ações públicas de desenvolvimento econômico e social para o estado. As ações serão focadas em diferentes segmentos, representados no conselho por câmaras setoriais que abrangem diversas áreas, como turismo, agronegócio, energia e gás, minério, metalurgia, comércio e serviços e infraestrutura.

 Os empresários têm, pela primeira vez, participação efetiva na definição da política de investimentos delineada pelo Governo do Estado. A criação do Cema foi um compromisso assumido pelo governador Flávio Dino no período de campanha e concretizado ainda nos primeiros dias de governo.

 O coordenador do Cema, secretário Marcelo Simplício, destacou o caráter facilitador para a superação de entraves ao empreendedor. “Com o Cema, o Estado pode criar um ambiente saudável para as empresas, basta procurar a secretaria de Indústria e Comércio e apresentar a pauta para discutirmos aqui os problemas e buscarmos soluções”, explicou Simplício.

 Entidades integrantes do Conselho

 Associação Comercial do Maranhão (ACM)

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL)

Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema)

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio)

Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema)

Grupo Mateus indenizará cliente discriminado por orientação sexual

mateus_02

O Supermercado Mateus foi condenado a pagar R$ 5 mil por danos morais a um cliente que sofreu constrangimento por causa de sua orientação sexual dentro de uma das lojas do grupo, em Imperatriz, no Maranhão. A decisão é da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA). A informação foi divulgada nesta quinta-feira (26) pela assessoria do órgão.

Segundo o tribunal, um funcionário zombou da orientação sexual do cliente. Para o desembargador relator do processo Jamil Gedeon, as testemunhas arroladas pelo reclamante foram unânimes em afirmar que ouviram comentário discriminatório do funcionário do Supermercado Mateus, como também confirmaram o abalo emocional da vítima. Para o magistrado, os depoimentos elucidativos foram suficientes para atestar as afirmações do cliente.

A defesa do Supermercado Mateus alegou que não existiu constrangimento, pois só houve comentários a respeito do estado emocional do cliente. A defesa também citou que não ocorreu lesão à imagem do consumidor, diante da grande exposição de informações sobre o cliente nos seus perfis das redes sociais.

Gedeon enfatizou que o dano moral foi caracterizado por ofensas que atingem intimamente a personalidade do ofendido, tornando os xingamentos e o desrespeito a individualidade da vítima suficientes para configurar o dano.

F/G1ma